quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

O PRIMEIRÃO

Há exatos 123 anos, no dia 29 de janeiro de 1886, era inau-gurada a era do automóvel, quando o engenheiro Karl Benz obteve a patente de número 37435 para registrar o seu invento, um triciclo automotor que ele chamou de Benz Patent-Motorwagen - na foto, uma réplica pertencente ao Museu Técnico de Berlim. Certamente, ele não foi o primeiro veículo motorizado da história, já que as locomotivas a vapor já cruzavam a Europa havia décadas, mas esta seria a primeira concepção de automóvel moderno, com seu motor a gasolina de 0,8 hp, capaz de levar o triciclo a 16 km/h e que já contava também com velas e bobina de ignição. A família também teve a primazia de obter a primeira carteira de habilitação da história, dada ao próprio Karl Benz com a chancela do Kaiser Guilherme I, e de ter a primeira motorista, Bertha Benz, esposa de Karl, que fez, no Motorwagen, a primeira viagem de carro do mundo, vencendo os 106 km entre Karlsruhe e Pförzheim, com os filhos a bordo, para visitar a mãe em 05 de agosto de 1888. Para os apaixonados por carros e pelas boas coisas da vida, fica a sugestão de um brinde à família Benz hoje à noite - com uma Eichbaum, da região de Mannheim, é claro!

4 comentários:

Felipão disse...

Um brinde ao grane Karl, inventor dessa nossa verdadeira paixão: os automóveis...

Gustavo disse...

Ao Karl! Tintin!

Portal Maxicar disse...

Podemos dizer que Bertha Benz é autora do primeiro teste drive da história, já que diz a lenda que ela decidiu pegar o carro para testar sem o conhecimento do marido e descobriu vários defeitos, depois aperfeiçoados.

Carros Antigos disse...

Não é lenda. Ela atravessou com a filha (ou filho?) meia Alemanha para mostrar ao marido do que seu invento era capaz, restituindo sua confiança e auto-estima e colocando o automóvel definitivamente no rol das coisas possíveis de serem feitas. O empurrãozinho que faltava. Uma história incrível. Imagino o que ela e a filha podem ter conversado nestes 3 dias de jornada, sozinhas, num mundo sem estradas, sem oficinas. Que roterio está por ser escrito e filmado, ainda.