domingo, 7 de setembro de 2008

SERVIA PARA QUÊ, MESMO?

Em 1966, no auge da corrida por potência iniciada pe-lo Pontiac GTO dois anos antes, a GM resolveu conciliar o que parecia impossível: quase 400 hp de potência despejados nas rodas da frente, lançando o belo cupê Toronado, cuja primeira geração foi até 1970. Com ele, os engenheiros da Oldsmobile provaram ser viável juntar tração e direção em um veículo de alto desempenho - falamos de um V8 425 de 7.0 litros e 385 hp brutos - colocando-o apto a enfrentar os melhores muscle-cars de sua época e honrando a tradição de inovação da empresa, que se iniciou com o Curved Dash 1901, primeiro veículo produzido em série da história. Considerado perfeito do ponto de vista técnico, o Toronado esteve longe de ser um sucesso de vendas, já que, para o consumidor americano, soava incoerente um carro tão brutal e exclusivo com um sistema de tração que lembrava os compactos europeus e japoneses, nunca tendo vendido mais do que 40 mil unidades anuais em sua primeira geração - para efeito de comparação, a Chevrolet vendeu 1 milhão de Impalas só em 1965. Se a proposta de um muscle-car com tração dianteira parecia incoerente em 1966, ano do modelo da foto, a crise do petróleo, sete anos depois, levou todas as fábricas a buscarem oferecê-la em sua linha de produtos, em um esforço desesperado contra a neurose das "milhas por galão", colocando a Olds, mais uma vez, na posição de vanguarda na história do automóvel.

9 comentários:

Felipão disse...

Fantástico texto, Luiz Augusto. O Toronado foi muito mal compreendido em sua época, por causa da concepção de sua tração;

Lembro que certa vez, em um programa da Discovery, vi um documentário onde o apresentador Jay Leno, compra um sucatão desse carro e, na sua garage, transforma o modelo num carro que parecia ter sido fabricado naquele momento.

Modificou toda a concepção do carro, jogando a tração na dianteira do modelo...

Deve ter algo no youtube a respeito disso...

Luís Augusto disse...

O Toronado do Jay Leno foi matéria do programa Rides. Pode ser resumido em 1070 cv líquidos, mais de 300 km/h e... tração traseira!

Felipão disse...

isso mesmo...

me enganei na hora de postar...

tração traseira...

heuheuheu

abraço

Mauricio Morais disse...

Se não me engano o Toronado do Leno é bi-turbo, eu disse bi-turbo.
O cara é doido.
Será que ele está tentando compensar alguma coisa doutor??He, he.

Renato Bellote disse...

Sempre tive simpatia por esse modelo.

Luís Augusto disse...

Maurício, quem não está?

carlos disse...

O ano deste carro não seria 1976?

Luís Augusto disse...

Não, Carlos, é 66 mesmo. Em 76ainda havia a linha Toronado, mas eles já estavam totalmente descaracterizados em relação ao original.

Museu do Dodge disse...

Um dos carros mais bonitos de todos os tempo ... Espetáculo ...

O conceito de V8 com traçõa dianteira foi revivido pela Olds com o Aurora em 1995 ..

Abraços