quarta-feira, 11 de março de 2009

FUSCA CUPÊ

Além das versões militar, anfíbia, quatro-portas, cabriolet Karmann e roadster Hebmüller, um outro modelo raríssimo e praticamente desconhecido do besouro mais querido do mundo foi o Stoll Coupé, baseado no Bretzel de 1952. Inspirado em um protótipo de teto rígido da Hebmüller que não sobreviveu ao tempo, ele trazia carroceria 2 + 2 e interior requintado, preservando a mecânica original 1.1 de 26 cv dos modelos de produção normal. O modelo ganhou sua versão final em 1954, mas sua proposta de oferecer requinte e exclusividade a quem gostava do Fusca acabou trombando com o Karmann Ghia, de 1955, e apenas uma unidade foi produzida pela Stoll. Embora exposta no museu de Wolfsburg, a jóia rara pertence a um colecionador inglês que gastou 14 anos na sua restauração - e, de quebra, é proprietário de um autêntico Hebmüller, entre outros modelos clássicos do Fusquinha.

8 comentários:

Germano disse...

interessante o desenho, lembra bem o Hebmüller

fora que o Fusca sempre foi versátil em configurações, já teve picape, furgão (muito antes da Kombi), 4x4...

Helio Herbert disse...

Esse fusca é muito especial,maravilhoso...Parabens pela exelente matéria.

tohmé disse...

Caramba, esse é realmente lindo.

Gustavo disse...

Esse nunca tinha visto!

Lombardi disse...

Doutor Luis! Tudo bem?

Acredito que você já saiba, mas não custa ter certeza... você viu que a Recreio está com uma exposição de Fuscas em homenagem aos 50 anos do carro?

Um abraço,

Lombardi.

Luís Augusto disse...

Valeu, Lombardi, eu já sabia, mas ainda não tive tempo de ir lá.
Abração

pedro disse...

Ué, mas esse é que era pra ser sedã!

Luís Augusto disse...

É, realmente ele tem três volumes bem definidos (rsrsrs|).