quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

DIZEM AS MÁS LÍNGUAS...

... que o Ford Maverick, lançado em 1973 com o antiquado motor seis em linha 3.0, herda-do do Willys Itamaraty, tinha desempenho de quatro cilindros e consumo de V8. Verdade ou não, suas linhas atraentes e o ótimo acabamento têm sua legião de fãs pelo Brasil que, não podendo pagar pelo que se pede em um legítimo V8, se contentam com a versão mais mansa, cada vez mais difícil de ser encontrada em seu estado original - as adaptações do motor maior são comuns e, quase sempre, mal-feitas - como o da foto acima, flagrado no Brazil Classics 2008 ao lado de nada menos do que três GTs. Para os que torcem o nariz para o médio da Ford, é bom lembrar que ele costuma alcançar cotações mais elevadas do que o rival Opala quatro cilindros do mesmo ano e em igual estado.

9 comentários:

Arthur Jacon disse...

A única razão que justifica o maior preço do Maverick 6 cilindros em relação ao Opala 4 cilindros é a sua raridade, pois que vendeu muito menos que o Opala.
Este é bem mais veloz, mais econômico, e seu câmbio tem acionamento muito mais fácil que o de quatro marchas na coluna de direção do Maverick. Em suma, o Opala é bem melhor.

Luís Augusto disse...

Concordo, Arthur, inclusive sou opaleiro convicto. Entretanto, o número de Opalas 73-74 (4 cilindros) bem conservados não é tão maior assim do que o de Mavericks 6 cilindros dos mesmos anos.

Arthur Jacon disse...

É verdade, Luís.

Felipão disse...

O meu pai teve todas as versões e sempre dizia isso do 6 canecos... Lá nos primórdios, quando comecei a frequentar os sebos das redondezas, não suspeitava que um carro com um ar tão poderoso era equipado com o mesmo motor do Itamaraty...

Anônimo disse...

Amigos, sou fã de todos os classicos, principalmente dos brasileiros da decada de 70, tenho em minha garagem 2..rs Opala 4 cil e Maverick 4 cil. posso falar muito bem deles, a diferença e valor agregado ao modelo Maverick, é maior, pois realmente se trata de um carro com menor produção, e com traços mais classicos americanos, e essa diferença eu sinto no bolso, ao necessitar de manutenção em alguma peça !! abraço a todos os amigos, Fábio - www.autoclubedracena.com / fabiomdias@autoclubedracena.com

Luís Augusto disse...

Grande Fábio, obrigado pela visita! Será que a sua afirmação poderia ser usada para o 6 cilindros?

1k2 disse...

Queria ver se teria esse papo se fosse o Ford Taunus que tivesse sido vendido aqui. Talvez tivesse a mesma depreciação do Opala e talvez fosse fabricado até pelo menos no meio da década de 80...

Luís Augusto disse...

Bem lembrado, amigo, seria o real equivalente do Opala. Só que, particularmente, eu acho o Taunus muito feio.

De Gennaro Motors disse...

belos carros !!!!!!!!!