domingo, 30 de novembro de 2008

SE ALGUÉM AINDA TEM DÚVIDAS...

... sobre a influência americana no design dos DKW dos anos 50, fica a foto do primeiro hardtop do pós-guerra, o Cadillac Coupé De Ville 1949; a ausência da coluna B, o teto pintado em cor diferente e o vidro traseiro panorâmico foram características tão marcantes que, aliados ao novo V8 de alta compressão e válvulas no cabeçote, renderam ao Caddy o título de carro do ano pela revista Motor Trend. A idéia do chefe de design da marca, Harley Earl, de dar a impressão de um conversível com a capota levantada, mantendo a rigidez estrutural muito superior dos carros fechados, alcançou tamanho sucesso que teve ecos até em dois modelos brasileiros dos anos 70 e 80, o Opala e o Dart de duas portas, que também não tinham a coluna B visível.

2 comentários:

AUTOMOBILISMO CLÁSSSICO disse...

LINDA CADILLA!!...PRA MIM, UM DOS MAIS BONITOS E NOSTÁLGICOS VEÍCULOS DO MUNDO..RSRS
BELO BLOG TB...VALEU!

Felipão disse...

Eu nem imaginava o motivo da falta dessa coluna...

Idéia bastante inteligente, ainda mais quando aliado ao teto na cor branca...