segunda-feira, 3 de novembro de 2008

EXAGERADO

Ainda apro-veitando o post sobre o Lincoln Continental aí embai-xo, é inte-ressante no-tar como os designers da marca consegui-ram a difí-cil tarefa de dar leveza ao desenho de um cupê de tais proporções, o que não foi alcançado pelo departamento de estilo da Cadillac, que, ainda ressaqueado dos excessos dos anos 50, partiu para carros enormes e retilíneos. Embora perdesse em elegância para o Lincoln, o Calais cupê 1974 da foto, uma versão simplificada do sofisticado Coupé DeVille, mantinha forte identidade com seus antepassados, graças à grade quadriculada, e seu estilo acabou fazendo escola nas outras marcas do grupo GM, particularmente no Chevrolet Caprice cupê, que também trazia a janela lateral traseira diminuta. Um reflexo dessa tendência foi visto também no Dodge Magnum brasileiro de 1979, cuja janela traseira era reduzida por uma cobertura de fibra de vidro, de efeito estético muito interessante.

4 comentários:

Felipão disse...

Eu acho legal quando conservam certos detalhes e carateristicas, como fizeram nesse modelo...

Teca disse...

Bonito, mas realmente EXAGERADO!

O Dodge Dart é incluído aqui também?

Beijos.

Luís Augusto disse...

Teca, o Dart tem o mesmo desenho básico do Magnum, mas não se inclui aí porque o vidro traseiro tem tamanho "normal". Na verdade, o projeto do Dart é de 1968, antes do lançamento dessa tendência nos EUA.

Teca disse...

Poxa, Luis, valeu!

Sempre bom aprender com quem sabe e entende...

Só não fique brabo com minha falta de sapiência no assunto. Eu gosto de carros antigos, mas não entendo nada. Apenas aprecio...

Se eu perturbar, você grita! Ah ah ah ah ah!

Beijos.