sexta-feira, 3 de outubro de 2008

FALANDO EM ARGENTINA...

Apesar da pindaíba por que vêm passando nos últimos anos, os argentinos não perdem a pose, diriam alguns. Afinal, em que outra cidade do mundo você pode andar de táxi em um modelo campeão de provas de rali e cujo desenho leva a assinatura de Pininfarina? Entretanto, apesar de ainda numerosos na capital portenha, os Peugeot 504 vêm perdendo espaço na "praça" para modelos brasileiros como Fiat Siena, Ford Fiesta Sedan e Chevrolet Classic que, se sinalizam alguma recuperação econômica por um lado, estão descaracterizando a linda Buenos Aires por outro, fazendo com que o clássico e muito mais confortável francês fique com os dias contados na capital portenha. Eu fiz minha parte quando estive lá em 2006: me recusei a tomar qualquer táxi que não fosse o 504, para desânimo da Ju e do casal que foi conosco. Coerência é isso aí, não acham?

6 comentários:

Felipão disse...

Atitude perfeitamente entendida apenas para maníacos como nós, dando preferência a um verdadeiro puro sangue...

Teca disse...

Tenho vindo aqui de vez em quando... devo admitir que o local está se tornando interessante, embora eu não entenda nada de carros.
Mas são textos bem escritos, relatos gostosos de serem lidos, com fotos de belas antiguidades.
Parabéns!
Abraços.

Luís Augusto disse...

Pôxa, Teca, muito obrigado pelo comentário! Escrever para quem gosta é relativamente simples, mas, quando conquistamos quem não é muito familiarizado com o meio, fica mais gratificante ainda. Valeu!

Felipão disse...

Luis


Eu mudei o link do meu blog:

http://blogsportbrasil.blogspot.com/

Será que vc poderia trocá-lo na sua lista de links???

Desculpe o incômodo

Obrigado

Felipe

Luís Augusto disse...

Já está trocado! Sucesso com o novo endereço.

cRiPpLe_rOoStEr a.k.a. Kamikaze disse...

Eu gosto do 504, só lamento que por aqui o "menos difícil" seja encontrar uma pickup à venda. A uns meses atrás vi um 504 sedan branco com placas argentinas na zona leste de Porto Alegre, e para minha surpresa tinha um teto solar de aço como o que as BMW usavam na década de 90.