terça-feira, 8 de junho de 2010

ARAXÁ/2010 - ESQUADRA AMERICANA


O título deste post é um plágio de uma matéria da saudosa QR Clássicos, mas não achei melhor definição para a frota de Chevys ancorada diante das termas do Grande Hotel. Uma pena que nem todos estavam presentes no momento da foto, mas aí vai, de memória, a escalação: dois Bel Air Sport Coupé 1956, um Bel Air Sport Sedan 1957, dois Impalas Coupé 1958, um Impala Sport Sedan 1959, dois Impalas Conversíveis 1963, dois Impalas Conversíveis 1965 e um Impala Coupé 1967. Escoltando os exemplares dos anos de ouro da marca, um Bel Air quatro portas 1952 e um Caprice 1977. Nada mau.

7 comentários:

Julia Dias disse...

Conta que seu fusca ganhou um prêmio!!!!!!!!!!

Luís Augusto disse...

Ju, vc não tem jeito....

Guilherme da Costa Gomes disse...

Pois é, tô esperando também...

Julia Dias disse...

Hehehe... Zullino vai morrer de inveja!!

Renato disse...

Queremos o parecer do Zullino!!

roberto zullino disse...

O fusca do dotô deve ter ganho um prêmio merecido, ele não é como uns e outros que aceitam prêmios imerecidos.
Quanto às carroças do post receio que teria que gastar vinte litros para cada um para apreciá-los de maneira adequada. Muita despesa.
O único Impala digno de menção é o 1959, andei muito com um, é tudo ruim, faz barulho, não breca, é mais feio que encoxar a mãe no tanque, mas tem personalidade, ou melhor, mostra a personalidade de quem o desenhou, o gajo deve ter sido internado depois.

Luís Augusto disse...

Zullino, realmente o '59 é uma afronta ao bom-senso. Mas gosto dos outros. Um SS 1961 com motor 409 é algo a ser levado a sério.