segunda-feira, 30 de agosto de 2010

HÁ VAGAS # 14 - COM A PÁTINA DO TEMPO


Nos meus devaneios antigomobilistas, sempre sonhei com um clássico imaculado, ainda com todos os detalhes estampando a marca do fabricante, pintura original e funcionamento idêntico ao da época do seu nascimento. Confesso que cheguei perto disso quando ganhei o Fuscão 1974 no natal de 2008, mas, apesar de ser até menos rodado, seu estado não chegava nem perto do desta fabulosa Kombi Standard também de 1974, que já apareceu por aqui anteriormente e entrou ontem para a família. Não poderia haver veículo mais improvável para figurar como o representante desta "classe" de carro antigo na coleção, pois as Kombis, como todo veículo de trabalho, tendem a ser castigadas até o último suspiro em sua vida útil, terminando seus dias em estado de decomposição. Pois esta não tem sequer um ponto de ferrugem e dirigi-la é uma verdadeira viagem no tempo, tanto pelas características próprias da velha dama quanto pelo seu estado ímpar de conservação. Mereceu furar a fila...

14 comentários:

M disse...

Xííí...
Agora Dotô vai fazer uns bicos !!!!
Vai vender caldo-de-cana em Lindoya e Araxá ! Parabéns ! (ou pêsames...)
Hahahahahh...

regi nat rock disse...

Qual o quê M. Kombi também serve pra vender pastel e caldo de cana, mas essa aí merece um tratamento vip, pelo excelente estado.
Sou suspeito pois tive Kombi por muitos anos, começando com uma corujinha até uma irmã da foto, mesma cor inclusive, codinome "Katarina sim senhor" (pois sempre obedecia o dono... rsrsrsr) e sei do que ela é capaz na mão de quem conhece.Nunca me deixou na mão e servia de condução, dormitório, parquinho pros filhos pequenos, quebra galhos pra mudanças e por aí vai.

Guilherme da Costa Gomes disse...

Ô Luís, mas que bela aquisição! Meus parabéns! Fico contente em ver a coleção crescendo, e com interessantes nacionais dos anos setenta! Mais alguns anos e teremos mais uma grande coleção mineira! Grande abraço.

Guilherme da Costa Gomes disse...

E que mané caldo de cana, pastel que nada... O Luís vai colocar uma sirene no teto, cruz vermelha na porta e vai ir pro serviço de Kombi!

Nikollas Ramos disse...

KKKK!
Luís, show de bola.
Quero saber o seguinte: vais ter coragem de interromper a progressão desta maravilhosa pátina e desmontá-la como a Caravan até o último parafuso? Vale 100 pontos esta pergunta!
Agora, se esse MG demorar mais um pouco, Guilherme, a coleção se forma em pouco tempo, que é a ansiedade a mão destas iniciativas. Carro meu quando pára me dá logo vontade de comprar outro! =)
Abraço!

Luís Augusto disse...

Amigos, obrigado pelas felicitações.
Nik, seria um pecado até mesmo tetocar as marquinhas de pedriscos das estradas que esta Kombi ostenta. Ela é mais nova do que um carro normal com 1 ano de uso!

Francisco J.Pellegrino disse...

Luis, grande abraço e parabéns pela nova aquisição....

roberto zullino disse...

Isso é pura falta e remedinho, o dotô fica receitando para os outros e se esquece de tomar os dele.

Tohmé disse...

Agora você comprou meu objeto de desejo...

M disse...

Nik,
O navio que trouxe o MGB já está na barra.
Na 6a.feira o carro deverá estar fora do ctn.
Se os probos-senhores-auditores-fiscais não enrolarem o serviço, na próxima semana o Dotô vai ter +1 na garagem...

Gustavo disse...

Maravilhosa! Parabéns!

Artur.Y disse...

Que beleza!!!

Parabéns pela compra, um veículo bem difícil de achar nesse estado.

Curioso pelos próximos da coleção!

Anônimo disse...

Kombão? Que beleza heim Dutch!

Luís Augusto disse...

Vc só pode ser o Breno....