terça-feira, 23 de agosto de 2011

BLUE CLOUD 2011 - FELIPE E O TRABANT


"Olha, papai, olha! Igual o meu!"
A história do Trabant já foi comentada aqui algumas vezes e o modelo da foto também não é novidade para os frequentadores deste blog, mas eu não poderia deixar de registrar aqui o prazer de ver o filhotinho se divertindo com um dos seus modelos favoritos. Fomos gentilmente convidados pelo Flavio Gomes para dar uma volta em seu Gerd na carreata por Poços de Caldas no sábado e aproveito para registrar aqui algumas impressões sobre o Trabant. Quando entramos eu, o Flavio, minha esposa e dois filhos pequenos no carrinho, pensei que ele precisaria de potência máxima para se arrastar pela cidade, mas não foi o que aconteceu. Mesmo em velocidades baixas, deu para notar que o Trabant é bem esperto, trabalhando com sobra mesmo com três adultos a bordo. O câmbio na coluna de direção também não pareceu exigir maiores esforços do motorista e o espaço interno se equivale ao de um Fusca ou Gol da primeira geração. Acabamento simples, mas com bancos de tecido aveludado, lembram os dos VW nacionais dos anos 80. Enfim, certamente um veículo antiquado para os padrões do primeiro mundo da época, mas longe de ser o desastre que o grande público acredita. O conforto? Bem, o Felipe dormiu no caminho, tal como faria em um Galaxie ou Mercedes, por exemplo...

5 comentários:

Nikollas disse...

Quando o Gomes conta isso, eu dou desconto por que ele é passional! Mas vindo de você, não, agora o carrinho subiu para ranking AAA na minha Standard % Poors!

Julia Dias disse...

Adorei dar uma volta no Trabant, mas bom mesmo foi ver as caras de felicidade dos meus três "meninos" dentro do carrinho!

regi nat rock disse...

Xiiii.
D. Julia entregando o "menino"

;)

Letícia Malta Panin disse...

Que gracinha... A nova geração apaixonada por carros já começou!!! Adorei saber disso... Também estou adorando as informações... Aprendendo cada vez mais... Parabéns Lú... O seu blog é tudo de bom!!! Bjus...

Luís Augusto disse...

Ora, ora, que visita ilustre! Beijão, prima!