terça-feira, 18 de outubro de 2011

OS 3 MELHORES # 18 - ESPORTIVADOS




Desde muito cedo na indústria automotiva brasileira, "esportivar" um modelo de grande produção provou ser atividade das mais rentáveis. Um aumentozinho na cilindrada, um carburadorzinho a mais aqui, um comando mais bravo acolá, falsas entradas de ar, aerofólios, faixas decorativas, bancos esportivos e... pronto! Mais um "puro-sangue" orgulhosamente brasileiro estava à disposição de um público ávido por novidades, normalmente por um preço tão intimidador quanto a aparência. Do Simca Rally ao Kadett GSi, a fórmula foi repetida à exaustão, mas qual seria o mais interessante? Meus eleitos seriam o Dodge Charger R/T dos primeirões de 1971, o Opala SS 73 e o Passat Pointer da última safra. Um Esplanada GTX e o próprio Kadett GSi também não iriam mal... nem um Monza S/R ou um Maverick GT. Ai, ai...

8 comentários:

www.escrivaninha.net.br disse...

Clássico Opalão.
Concordo e parabéns pelo POST.
Um forte abraço.

Joel Gayeski disse...

Versões ESPORTIVAS de carros nacionais só Vectra GSi e Gol GTi 16V, o resto é enganação.

Luís Augusto disse...

Joel, vc está antecipando a proxima categoria!

Francisco J.Pellegrino disse...

Passat...

M disse...

Aqui eu passo batido !
Esportivos de araque !
E detesto faixas...

João Cesar Santos disse...

Maverick GT com kit quadrijet e comando, não saiu uma versão assim?

Vinícius Monteiro disse...

Minha opinião:

O primeiro VW Passat TS sim era um "puro sangue".
Nessa época o Gol Gti era melhor que esse Pointer.

Luís Augusto disse...

O Pointer saiu de linha em 1988 e o GTi chegou em 89, com desempenho idêntico, embora mais leve e com cilindrada maior, fora que a injeção cortava a alimentação em rotações muito elevadas, algo inadmissível em um esportivo.